pt.mpmn-digital.com
Novas receitas

Receita de bazlama (pão achatado turco)

Receita de bazlama (pão achatado turco)


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


  • Receitas
  • Tipo de prato
  • Pão
  • Pão achatado

Este delicioso pão achatado vem da Turquia. Melhor servido quente.

95 pessoas fizeram isso

IngredientesServe: 4

  • 2 1/4 colheres de chá de fermento de fermento ativo seco
  • 1 colher de sopa de açúcar refinado
  • 1 colher de sopa de sal
  • 350ml de água morna (45 graus C)
  • 110g de iogurte grego
  • 500g de farinha simples

MétodoPreparação: 30min ›Cozimento: 15min› Pronto em: 45min

  1. Dissolva o fermento, o açúcar e o sal na água morna. Adicione a água e o iogurte à farinha e misture bem. A massa ficará macia, mas não pegajosa. Vire a massa sobre uma superfície levemente enfarinhada e forme uma bola. Cubra a massa com um pano úmido e deixe crescer em temperatura ambiente por 3 horas.
  2. Corte a massa em quatro porções. Molde a massa em rodelas e alise cada rodada como se estivesse fazendo massa de pizza. Cubra as rodelas com um pano úmido e deixe a massa descansar por 15 minutos.
  3. Aqueça uma frigideira de ferro fundido ou frigideira em fogo médio-alto. Coloque uma rodada de massa na frigideira e cozinhe até que apareçam manchas marrons no fundo, cerca de 1 minuto. Vire o pão e cozinhe por mais um minuto. Retire o pão e embrulhe-o em um pano de prato limpo para mantê-lo aquecido.
  4. Repita com as rodadas de massa restantes. Guarde qualquer pão achatado que tenha sobrado em um recipiente hermético.

Dica de cozinheiro

Se você não conseguir encontrar iogurte grego, use iogurte natural normal e reduza a quantidade de água da receita para 300ml.

Visualizado recentemente

Críticas e avaliaçõesAvaliação global média:(65)

Resenhas em inglês (45)

Eu fiz isso e gostei muito, esqueci de tirar uma foto, mas com certeza na próxima vez, UAU, senti como se estivesse de volta à Turquia em minha lua de mel - 13 de abril de 2015

por Inji Dogukan Palmer

Na Turquia, fazemos nossos bazlamas recheados com queijo feta e salsa, carne moída com tomate ou purê de batata ... Basta alisar a massa e colocar uma camada fina de queijo feta esmigalhado e salsa picada, virar de um lado para cobrir o recheio ( como uma omelete) e cozinhe os dois lados ... Coma com geleia de cereja azeda e chá quente como nosso usual café da manhã de domingo ...- 27 de setembro de 2010

por Rock_lobster

Delícias épicas! Eu me senti como um hobbit comendo isso! Eu acho que isso daria uma crosta de pizza fantástica, então eu congelei metade da massa em uma bola embrulhada em saran para usar outro dia. O único problema que encontrei foi transferir uma massa redonda para a frigideira, pois ela realmente não retinha qualquer formato redondo. (E ficou mais pegajoso do que eu esperava.) Mas esqueça a forma porque o sabor era simples e divino, e ainda melhor quando eu coloquei na receita "Hummus básico" daqui. Quando eu descongelar a massa restante, pretendo experimentá-la como crosta de pizza ou fazer "bolas" menores de pão achatado na assadeira, em vez da grande pilha de massa (embora deliciosa!) Que eu tinha hoje. Obrigado por uma ótima receita sharwna! -31 de agosto de 2010


5 onças de leite morno
5 onças de água quente
1 T de açúcar
1 T de fermento seco ativo
3 c de farinha
3/4 t de sal
3 t de óleo de cozinha
salsa e flocos de pimenta para enfeitar (opcional)

Em uma tigela grande misture água morna, leite morno, açúcar e fermento e mexa rapidamente para incorporar. Cubra com filme plástico de saran e reserve por 10 min para fazer sua mágica. Quase deve ter a consistência de um mingau espesso. Após 10 minutos, remova o filme de saran e mexa rapidamente. Depois de mexer a mistura de fermento, peneire a farinha e o sal. Mexa para combinar até que uma massa espessa comece a se formar. Despeje óleo de cozinha sobre a massa e dê um pouco de amassar levemente. Depois de formar uma bela bola de massa, dê-lhe uma leve camada de óleo de cozinha. Cubra com filme plástico de saran e um pano de prato e coloque em uma área quente e seca para deixar crescer por 1 hora inteira. Depois de uma hora e sua bola de massa quase dobrar de tamanho, vire-a sobre uma superfície levemente enfarinhada. Sove a massa um pouco mais até que volte ao tamanho original. Corte a massa em 6 pedaços iguais. Pegue cada um dos 6 pedaços de massa e molde-os em uma bola antes de enrolá-los sobre uma superfície levemente enfarinhada. Eles devem ter aproximadamente 8 & # 8243 de diâmetro ou aproximadamente o tamanho de uma tortilha padrão. Aqueça uma frigideira em fogo médio-alto e cozinhe cada pedaço de pão achatado por cerca de 2 1/2 e # 8211 3 min de cada lado, dependendo do fogão. Esta receita pede calor seco durante a fritura, portanto, não há necessidade de derreter a manteiga ou adicionar óleo na frigideira. A massa vai começar a crescer e formar um belo e bonito bolso, e é nessa hora que você saberá que está pronto. Agora você pode pincelar cada pedaço com azeite de oliva e polvilhar com salsa e flocos de pimenta. Ou você pode deixar seus gostos e criatividade brilharem com o que quiser! Você pode cobrir o pão com manteiga derretida, canela e açúcar, ou geléia para um doce e saboroso café da manhã. Como alternativa, você pode pincelar com seu tipo favorito de molho e coberturas para uma pizza pessoal ou dobrá-lo e rechear com carne e vegetais para um belo e delicioso sanduíche.


Mary Mandame

Receita de pão achatado do Oriente Médio: faça seu próprio pão achatado no estilo do Oriente Médio, cortesia de Milk Street Wttw Chicago. Como a maioria dos pães fermentados, este consiste principalmente de farinha, água e fermento. Começamos a servir com homus ou veja como fazer pão achatado: Você também pode comer molhos com maneesh! E eu adoraria saber como você achou essa receita! Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado.

Fácil compartilhamento da receita de pão achatado do Oriente Médio - nossa coisa favorita para preparar quando tiver gente chegando. Muhammara & # 8212 uma clássica pasta de levantine feita com pimentão vermelho, nozes e temperos & # 8212 é uma pasta de alérgenos adicionais que podem estar refletidos nos itens da despensa listados na seção do que você & # 039ll precisa do cartão de receita. A carne picada pode produzir bastante água quando frita, dê uma dica se você vir, para obter lindas bordas crocantes em seu carne moída. Pré-aqueça o forno 220 e ventilador # 176c forçado. É melhor aquecê-los na grelha antes de servir.

Iogurte Grego Turco Flatbread Bazlama The Cafe Sucre Farine de thecafesucrefarine.com Nossas receitas favoritas de jantar do Oriente Médio vão desde frango assado (feito à maneira tradicional iraquiana e palestina) até métodos de cordeiro grelhado, cozido e frito que cheiram a alho, cominho e hortelã, esses espetinhos de frango do Oriente Médio podem ser servidos com arroz basmati ou pão achatado. Achei uma delícia lembre-se de conferir minhas outras receitas do Oriente Médio (links acima). Você não se senta para uma refeição no Oriente Médio sem pão. Asse dois ou três pães por vez por cinco minutos ou até que os pães fofos fiquem inchados e comecem a aparecer manchas marrons. Também usei za & # 039atar ready made, então da próxima vez devo lembrar que não precisa de sal! Copyright 2015 rede alimentar de televisão, g.p. Se você acha que precisa ter um pouco da herança do Oriente Médio para fazer um bom pão achatado turco, pense novamente! Fácil compartilhamento de receita de pão achatado do Oriente Médio - nossa coisa favorita para preparar quando tiver gente chegando.

Eu amo pão caseiro fresco.

Harissa grelhada crocante de berinjela com labneh e assada. Definitivamente, há dias em que esqueci de planejar um pão achatado para o meu índio ou Oriente Médio. Lahmacun é uma receita tradicional de pão achatado do Oriente Médio, também conhecida como pizza turca. Você pode comer molhos também com maneesh! Receitas do Oriente Médio encontram clássicos americanos para criar. Dica para fazer pão achatado de cordeiro do Oriente Médio. 1869 melhor turco grego marroquino do Oriente Médio e. Esses saborosos pães achatados são ideais para um cordeiro do Oriente Médio. Eu amo pão caseiro fresco. Asse-os, retire-os com uma colher e passe-os na esponja à vontade. Como a maioria dos pães fermentados, este consiste principalmente de farinha, água e fermento. Saborosos pães achatados com toque do Oriente Médio. Receita de pão achatado de cordeiro do Oriente Médio.

Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. Esta é uma versão do Oriente Médio do popular gozleme turco. Fabricado em equipamentos que processam. O bazlama é semelhante ao naan e, na Turquia, costuma ser assado em uma fogueira a lenha ao ar livre. Tanto os pães achatados quanto a cobertura podem ser feitos com antecedência.

Um guia para pão achatado do Mediterrâneo Oriental Página 2 de 2 Bake From Scratch from www.bakefromscratch.com A carne moída de cordeiro temperada com especiarias do Oriente Médio é misturada com ervas frescas perfumadas, joias de romã suculentas e pinhões crocantes. Khobz com som de kh feito no fundo da garganta. Pão achatado do Oriente Médio com receita de tempero zaatar por. Saborosos pães achatados com toque do Oriente Médio. Você pode comer molhos também com maneesh! A carne picada pode produzir bastante água quando frita, dê uma dica se você vir, para obter lindas bordas crocantes em seu carne moída. O pão achatado Zaatar é um pão achatado simples aromatizado com uma mistura de especiarias do Oriente Médio chamada za & # 039atar, que é uma mistura de sumagre, tomilho, orégano e sementes de gergelim. Por acaso, comprei o pacote zaatar há alguns meses para experimentar, mas nunca usei isso até ontem. Esta receita deliciosa vem de nossos amigos da leiteria yarra Valley e apresenta seu queijo de cabra black savourine.

Esses saborosos pães achatados são ideais para um cordeiro do Oriente Médio.

Asse dois ou três pães por vez por cinco minutos ou até que os pães fofos fiquem inchados e comecem a aparecer manchas marrons. Ao fazer minha lista de receitas de a a z. Coloque-os no meio da mesa e deixe. Khobz com som de kh feito no fundo da garganta. Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. Receita de pão achatado do Oriente Médio é apetitosa. Pão achatado é um alimento básico em cafés da manhã típicos do Oriente Médio. Esta receita vem junto rapidamente, sem um mixer, a receita turca de pão achatado que eu compartilho hoje é bazlama. Copyright 2015 rede alimentar de televisão, g.p. 4 tomates fatiados 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem 1 colher de sopa de suco de limão. Se você acha que precisa ter um pouco da herança do Oriente Médio para fazer um bom pão achatado turco, pense novamente! Esses pães achatados são originários do leste do Mediterrâneo, chegando ao Oriente Médio, e as receitas vêm de restaurantes de toda a América. Asse-os, retire-os com uma colher e passe-os na esponja à vontade.

Você precisa dele para colher, mergulhar e limpar porque vale a pena aprender a fazer alguns tipos de pão achatado de diferentes partes do mundo. Receitas do Oriente Médio encontram clássicos americanos para criar. Coloque-os no meio da mesa e deixe. Definitivamente, há dias em que esqueci de planejar um pão achatado para o meu índio ou Oriente Médio. E, como qualquer pão fermentado, requer um pouco de levedura, embora não mais do que uma hora.

Um Guia Para Pão Achatado do Mediterrâneo Oriental Página 2 de 2 Bake From Scratch de www.bakefromscratch.com Receita de pão achatado do Oriente Médio Lifemadedelicious. 1869 melhor turco grego marroquino do Oriente Médio e. E eu adoraria saber como você achou essa receita! Esses pães achatados são originários do leste do Mediterrâneo, chegando ao Oriente Médio, e as receitas vêm de restaurantes de toda a América. A carne picada pode produzir bastante água quando frita, dê uma dica se você vir, para obter lindas bordas crocantes em seu carne moída. Tanto os pães achatados quanto a cobertura podem ser feitos com antecedência. Asse dois ou três pães por vez por cinco minutos ou até que os pães fofos fiquem inchados e comecem a aparecer manchas marrons. A carne picada de cordeiro temperada com especiarias do Oriente Médio é misturada com ervas frescas perfumadas, joias de romã suculentas e pinhões crocantes.

1869 melhor turco grego marroquino do Oriente Médio e.

Dica para fazer pão achatado de cordeiro do Oriente Médio. Asse dois ou três pães por vez por cinco minutos ou até que os pães fofos fiquem inchados e comecem a aparecer manchas marrons. E, como qualquer pão fermentado, requer um pouco de levedura, embora não mais do que uma hora. 1869 melhor turco grego marroquino do Oriente Médio e. Esta é a minha receita favorita de pão achatado, depois de experimentar cerca de 6 ou 7 versões para o menu do meu restaurante há alguns anos. Em uma tigela grande, misture o óleo, a massa de tomate, a salsa e todos os temperos e mexa com um garfo. Copyright 2015 rede alimentar de televisão, g.p. Nossas receitas favoritas de jantar do Oriente Médio vão desde frango assado (feito à maneira tradicional iraquiana e palestina) aos métodos de cordeiro grelhado, guisado e frito que cheiram a alho, cominho e menta, esses espetinhos de frango do Oriente Médio podem ser servidos com arroz basmati ou pão achatado. Você também pode comer molhos com maneesh! Receita de pão achatado recheado do Oriente Médio, salada fatoush fácil do Oriente Médio com pão achatado de fogo de pedra, receita: cubra seu pão achatado do Oriente Médio com coentro e folhas de hortelã, espalhe um pouco de iogurte fresco e sirva imediatamente! Fácil compartilhamento de receita de pão achatado do Oriente Médio - nossa coisa favorita para preparar quando tiver gente chegando. Regue os pães achatados com o molho de iogurte, salpique com sal e salsa, corte em rodelas e sirva.

Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. Esses saborosos pães achatados são ideais para um cordeiro do Oriente Médio. Pão achatado integral com butternut, trigo bulgar e harissa verde finalizado com houmous e tzatziki. 4 tomates fatiados 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem 1 colher de sopa de suco de limão. Fácil compartilhamento de receita de pão achatado do Oriente Médio - nossa coisa favorita para preparar quando tiver gente chegando.

Fonte: www.jamesmartinchef.co.uk

Esta receita vem junto rapidamente, sem um mixer, a receita turca de pão achatado que eu compartilho hoje é bazlama. Esses saborosos pães achatados são ideais para um cordeiro do Oriente Médio. Você precisa dele para colher, mergulhar e limpar porque vale a pena aprender a fazer alguns tipos de pão achatado de diferentes partes do mundo. É melhor aquecê-los na grelha antes de servir. Receita de pão achatado de cordeiro do Oriente Médio.

Fonte: theviewfromgreatisland.com

Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. E embora atualmente asse pão com fermento com mais frequência, ainda acho mais fácil e uma preferência geral fazer pão sem fermento. Saborosos pães achatados com toque do Oriente Médio. E eu adoraria saber como você achou essa receita!

Pão achatado do Oriente Médio com receita de tempero zaatar por. Em uma tigela grande, misture o óleo, a massa de tomate, a salsa e todos os temperos e mexa com um garfo. Você não se senta para uma refeição no Oriente Médio sem pão. Tanto os pães achatados quanto a cobertura podem ser feitos com antecedência. 0 de 5 estrelas (0).

Fonte: www.tastymediterraneo.com

Khobz com som de kh feito no fundo da garganta. Esta é a minha receita favorita de pão achatado, depois de experimentar cerca de 6 ou 7 versões para o menu do meu restaurante há alguns anos. Pão achatado integral com butternut, trigo bulgar e harissa verde finalizado com houmous e tzatziki. Você pode comer molhos também com maneesh! Receita de pão achatado de cordeiro do Oriente Médio.

Se você acha que precisa ter um pouco da herança do Oriente Médio para fazer um bom pão achatado turco, pense novamente! Fabricado em equipamentos que processam. Coloque-os no meio da mesa e deixe. A carne picada pode produzir bastante água quando frita, dê uma dica se você vir, para obter lindas bordas crocantes em seu carne moída. Receita de pão achatado do Oriente Médio é apetitosa.

Esta receita deliciosa vem de nossos amigos da leiteria yarra Valley e apresenta seu queijo de cabra black savourine. Pão achatado é um alimento básico em cafés da manhã típicos do Oriente Médio. Copiei a receita daqui. Definitivamente, há dias em que esqueci de planejar um pão achatado para o meu índio ou Oriente Médio. Em uma tigela grande, misture o óleo, a massa de tomate, a salsa e todos os temperos e mexa com um garfo.

Fonte: www.middleeasteye.net

Pão achatado integral com butternut, trigo bulgar e harissa verde finalizado com houmous e tzatziki. Esta é a minha receita favorita de pão achatado, depois de experimentar cerca de 6 ou 7 versões para o menu do meu restaurante há alguns anos. Regue os pães achatados com o molho de iogurte, salpique com sal e salsa, corte em rodelas e sirva. Foto de chelsie craig, estilo de molly baz. 1869 melhor turco grego marroquino do Oriente Médio e.

Fonte: thecafesucrefarine.com

Maneesh é um pão achatado do Oriente Médio perfeito para comer homus ou tzatziki, mesmo lalabneh. Como a maioria dos pães fermentados, este consiste principalmente de farinha, água e fermento. Aprecie o cordeiro, mas não tenha medo da massa! Não é muito diferente de pita, naan e outros pães achatados que são. 4 tomates fatiados 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem 1 colher de sopa de suco de limão.

Pão achatado do Oriente Médio com receita de tempero zaatar por.

Se você acha que precisa ter um pouco da herança do Oriente Médio para fazer um bom pão achatado turco, pense novamente!

Harissa grelhada crocante de berinjela com labneh e assada.

Fonte: imagesvc.meredithcorp.io

Fácil compartilhamento de receita de pão achatado do Oriente Médio - nossa coisa favorita para preparar quando tiver gente chegando.

Receitas do Oriente Médio encontram clássicos americanos para criar.

Fonte: imagesvc.meredithcorp.io

Começamos servindo-os com homus ou veja como fazer pão achatado:

Pão achatado do Oriente Médio com receita de tempero zaatar por.

Achei delicioso, lembre-se de conferir minhas outras receitas do Oriente Médio (links acima).

Fonte: upload.wikimedia.org

Pré-aqueça o forno 220 e ventilador # 176c forçado.

Fonte: resources.stuff.co.nz

Ao fazer minha lista de receitas de a a z.

Definitivamente, há dias em que esqueci de planejar um pão achatado para o meu índio ou Oriente Médio.

Fabricado em equipamentos que processam.

Fonte: www.recipetineats.com

Nossa homenagem a lahmacun, o pão achatado do Oriente Médio.

Fonte: cdn.mos.cms.futurecdn.net

Nossas receitas favoritas de jantar do Oriente Médio vão desde frango assado (feito à maneira tradicional iraquiana e palestina) aos métodos de cordeiro grelhado, guisado e frito que cheiram a alho, cominho e menta, esses espetinhos de frango do Oriente Médio podem ser servidos com arroz basmati ou pão achatado.

Esses saborosos pães achatados são ideais para um cordeiro do Oriente Médio.

Receita de pão achatado de cordeiro do Oriente Médio.

Achei delicioso, lembre-se de conferir minhas outras receitas do Oriente Médio (links acima).

Foto de chelsie craig, estilo de molly baz.

Fonte: www.recipetineats.com

Pré-aqueça o forno 220 e ventilador # 176c forçado.

Fonte: resources.stuff.co.nz

Saborosos pães achatados com toque do Oriente Médio.

Fonte: www.easypeasyfoodie.com

Como a maioria dos pães fermentados, este consiste principalmente de farinha, água e fermento.

Coloque-os no meio da mesa e deixe.

Asse dois ou três pães por vez por cinco minutos ou até que os pães fofos fiquem inchados e comecem a aparecer manchas marrons.

/> Fonte: food-images.files.bbci.co.uk

A carne picada de cordeiro temperada com especiarias do Oriente Médio é misturada com ervas frescas perfumadas, joias de romã suculentas e pinhões crocantes.


Eu me apaixonei por esses barquinhos de pão parecidos com pizza há muitos anos. Eles pedem um cruzamento entre pão recheado e uma torta saborosa, e eu gostaria de tê-los feito com mais frequência.

Novamente, isso pode ser feito à mão e exigirá um mínimo de amassamento para formar uma massa lisa.

Depois de descansado e dividido, você precisará estender uma forma oval que será relativamente fina.

Preencha o meio com o recheio desejado. Eu recomendo fortemente a mistura de queijo feta e mussarela. Em seguida, aperte as duas pontas para ter o formato de uma canoa.


Pão achatado turco (bazlama)

Este pão achatado tem um longo tempo de fermentação, o que lhe confere um sabor característico, bem desenvolvido e ligeiramente ácido. É perfeito para mergulhar e absorver guisados ​​e molhos perfumados do Oriente Médio.

Preparação

Cozinhando

Nível de habilidade

Ingredientes

  • 600 g farinha simples
  • 1 sachê (7 g) de fermento seco instantâneo
  • 2 colheres de chá açúcar
  • 1½ colher de chá sal
  • 375 ml (1 ½ xícara) de água morna
  • 130 g (½ xícara) Iogurte natural de estilo grego, em temperatura ambiente
  • 1 Colher de Sopa azeite
  • mel, haloumi frito ou grelhado de boa qualidade e folhas frescas de orégano, para servir

Anotações do cozinheiro

As temperaturas do forno são convencionais, se usar ventilação forçada (convecção), reduza a temperatura em 20˚C. | Usamos colheres de sopa e xícaras australianas: 1 colher de chá é igual a 5 ml 1 colher de sopa é igual a 20 ml 1 xícara é igual a 250 ml. | Todas as ervas são frescas (a menos que especificado) e os copos são levemente embalados. | Todos os vegetais são de tamanho médio e descascados, a menos que especificado. | Todos os ovos têm 55-60 g, a menos que seja especificado.

Instruções

Tempo de prova: 2 horas

Misture a farinha, o fermento, o açúcar e o sal em uma tigela grande. Combine a água, o iogurte e o óleo, acrescente à mistura da farinha e use uma colher de pau e depois as mãos para formar uma massa macia (a massa ficará bem pegajosa nesta fase). Cubra a tigela com um pano de prato úmido e reserve em um lugar quente e sem correntes de ar por 2 a 3 horas ou até crescer bem.

Coloque uma pedra de pizza no forno no centro e pré-aqueça a 250 ° C (230 ° C com ventilação forçada).

Divida a massa em 4 porções. Use as mãos para achatar cada porção em uma rodada em uma bancada enfarinhada com cerca de 26 cm de diâmetro e 6-7 mm de espessura. Coloque em um pedaço de papel manteiga em uma bandeja e cubra com um pano de prato úmido. Reserve em um local aquecido e sem correntes de ar por 15 minutos para crescer ligeiramente. Repita com as 3 porções de massa restantes.

Use o papel manteiga para colocar um pão redondo na pedra da pizza no forno e asse por 10-13 minutos ou até dourar e ficar cozido. Retire do forno e embrulhe em um pano de prato limpo para mantê-lo aquecido enquanto assa os pãezinhos restantes da mesma maneira (o pãezinho vai ficar crocante por fora no começo e depois amolecerá ao ficar enrolado no pano de prato).

Sirva quente com folhas de mel, haloumi e orégano.

Dicas de padeiro

• Você também pode assar esses pães achatados em bandejas de forno forradas de papel por 15 minutos.

• Esses pães achatados são comidos melhor no dia em que são assados.

Fotografia de Alan Benson. Estilo de Sarah O'Brien. Preparação de alimentos por Tina McLeish.

Veja as colunas e receitas anteriores à prova de cozimento aqui.

A missão de Anneka é conectar os cozinheiros domésticos com a magia da panificação e, por meio disso, com aqueles que amam. Para aulas práticas de confeitaria e dicas de confeitaria, visite-a no BakeClub. Não perca o que sai de seu forno via Facebook, Twitter, Instagram e Pinterest.


Guia passo a passo para fazer o Quick Easy Bazlama - pão achatado turco

Easy Bazlama - pão achatado turco

Olá a todos, espero que vocês estejam tendo um dia incrível hoje. Hoje, eu vou mostrar a vocês como preparar um prato distinto, o bazlama fácil - pão achatado turco. Um dos meus favoritos. Desta vez, vou torná-lo um pouco único. Isso vai ser realmente delicioso.

Easy Bazlama - o pão sírio turco é um dos alimentos mais populares da atualidade no mundo. É apreciado por milhões todos os dias. É simples, é rápido, tem um gosto gostoso. Easy Bazlama - pão sírio turco é algo que eu amei minha vida inteira. Eles são muito bons e têm uma aparência maravilhosa.

Dissolva o fermento, o açúcar e o sal na água morna. Adicione a água e o iogurte à farinha e misture bem. A massa ficará macia, mas não pegajosa. Vire a massa sobre uma superfície levemente enfarinhada e forme uma bola.

Para começar com esta receita, devemos preparar alguns ingredientes. Você pode ter um pão achatado turco - bazlama fácil, usando 10 ingredientes e 13 etapas. Aqui está como você pode alcançá-lo.

Os ingredientes necessários para fazer Easy Bazlama - pão achatado turco:
  1. Prepare 250 g de farinha simples
  2. Obtenha 75 ml de água morna
  3. Obtenha 75 ml de leite morno (idealmente leite integral)
  4. Pegue 1 colher de chá de açúcar branco
  5. Prepare 1 colher de chá de fermento seco
  6. Prepare 1 colher de chá de sal
  7. Pegue 2 colheres de sopa de azeite
  8. Escolha as opções de cobertura:
  9. Leve azeite + zatar
  10. Pegue Butter + Sumac

A Turquia tem uma variedade de pães à base de massa que fazem parte integrante de sua culinária. Bazlama, muitas vezes referido como "pão da aldeia", assemelha-se a uma pita grossa. Nas aldeias rurais, tradicionalmente cozido em ferro fundido ou frigideira resistente sobre fogo de lenha. Assado em ambos os lados até estufado e pronto.

Instruções para fazer Easy Bazlama - pão achatado turco:
  1. Adicione a água, o açúcar e o fermento a uma tigela. Deixe por 5-10 minutos para combinar e & quotbloom & quot. Você deve ver algumas pequenas bolhas se formando à medida que a levedura é ativada.
  2. Em uma tigela separada, misture a farinha e o sal
  3. Adicione o leite aquecido e 1 colher de sopa de azeite de oliva à mistura de água e fermento, mexa e acrescente à tigela com a farinha aos poucos, mexendo a farinha com uma colher de metal (para evitar degola excessiva)
  4. A massa deve formar uma massa pegajosa, mas maleável. Sove por 5 minutos e a massa ficará mais lisa e elástica. Enquanto amassa, misture a farinha seca do lado de fora da tigela, se houver.
  5. Adicione mais uma colher de sopa de óleo e certifique-se de que a massa está coberta. isso evita que a massa seque durante a fermentação. Cubra e deixe por aproximadamente 1 hora, até que a massa dobre de tamanho.
  6. Retire a massa da tigela, alise levemente e corte em 8 pedaços
  7. Para cada uma das peças, coloque na palma da mão e, com a outra mão, puxe a parte externa da massa para cima e enrole. O objetivo é terminar com uma superfície lisa na parte externa, diferente da pequena costura onde você beliscou .
  8. Deixe a massa descansar por 10 minutos.
  9. Comece a aquecer sua panela - fogo médio-alto. - - Usando um rolo enfarinhado, superfície de trabalho levemente enfarinhada e pitada ainda mais em cima da bola de massa, enrole cada bola em círculos de aproximadamente 12-14 cm.
  10. Role cada disco uma segunda vez diretamente antes de cozinhar, estenda os discos até 14-15 cm. Eles terão se contraído um pouco desde a primeira laminação, de modo que a segunda laminação evita que se contraiam tanto quando você os coloca na frigideira.
  11. Para cozinhar, coloque na panela sem óleo. Cozinhe por 30 segundos no primeiro lado, 30 segundos no segundo lado, depois volte - você deve começar a ver o bazlama inchar (na foto). Se ele estufar parcialmente, use uma espátula para aplicar um pouco de pressão suave para ajudar a expandir a bolha o máximo possível.
  12. 2 opções para cima: - 1) Levemente manteiga e adicione sumagre - 2) Misture azeite e zatar e espalhe
  13. Sirva imediatamente

Nas aldeias rurais, tradicionalmente cozido em ferro fundido ou frigideira resistente sobre fogo de lenha. Assado em ambos os lados até estufado e pronto. Flatbread turco macio e fofo é feito com farinha, fermento, azeite, iogurte e água. Cozido em uma panela sobre o fogão. Uma das receitas de pão mais fáceis de sempre!

Então isso vai encerrar com esta receita especial de comida fácil bazlama - pão achatado turco. Muito obrigado pelo seu tempo. Tenho certeza de que você fará isso em casa. Haverá mais receitas interessantes de comida em casa. Lembre-se de marcar esta página em seu navegador e compartilhá-la com seus entes queridos, colegas e amigos. Obrigado por ler. Vá cozinhar!


Receita de pão sírio do Oriente Médio - pão sírio com manteiga de ervas | Receita | Manteiga de ervas, pão do Oriente Médio, receitas de pão / Você não se senta para uma refeição no Oriente Médio sem pão.

Receita de pão sírio do Oriente Médio - pão sírio com manteiga de ervas | Receita | Manteiga de ervas, pão do Oriente Médio, receitas de pão / Você não se senta para uma refeição no Oriente Médio sem pão.. Tanto os pães achatados quanto a cobertura podem ser feitos com antecedência. Você pode comer molhos também com maneesh! Lahm bi ajeen ou sfiha é um autêntico pão achatado do Oriente Médio feito com carne perfeitamente temperada e uma deliciosa massa macia. Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. Na verdade, eu duvido que nunca mais comprarei pão achatado comercial de novo, quando tenho uma receita tão fácil e infalível.

E, como qualquer pão fermentado, requer um pouco de levedura, embora não mais do que uma hora. Foto de chelsie craig, estilo de molly baz. Fácil compartilhamento de receita de pão achatado do Oriente Médio - nossa coisa favorita para preparar quando tiver gente chegando. Aprecie o cordeiro, mas não tenha medo da massa! E embora eu asse pão com fermento com mais frequência hoje em dia, ainda acho mais fácil e o vídeo da receita acima.

Pão sírio de iogurte do Oriente Médio com beterraba prateada e ricota | Pão achatado de iogurte, ingredientes. de i.pinimg.com Pré-aqueça o forno 220 e a ventoinha # 176c forçada. Na verdade, eu duvido que nunca mais comprarei pão achatado comercial de novo, quando tenho uma receita tão fácil e infalível. Estes pães achatados são ideais para quem gosta de entreter mas tem um orçamento limitado. Esta receita vem junto rapidamente, sem um mixer, a receita turca de pão achatado que eu compartilho hoje é bazlama. Za & # 039atar, uma mistura de especiarias do Oriente Médio de tomilho selvagem, sumagre e sementes de gergelim torrado, supera o pão achatado mastigável neste icônico lanche libanês. Copyright 2015 rede alimentar de televisão, g.p. Achei uma delícia lembre-se de conferir minhas outras receitas do Oriente Médio (links acima). E eu adoraria saber como você achou essa receita!

Asse-os, retire-os com uma colher e passe-os na esponja à vontade.

Receita de pão achatado do Oriente Médio é deliciosa. E eu adoraria saber como você achou essa receita! Também usei za & # 039atar ready made, então da próxima vez devo lembrar que não precisa de sal! Lahm bi ajeen ou sfiha é um autêntico pão achatado do Oriente Médio feito com carne perfeitamente temperada e uma deliciosa massa macia. Tanto os pães achatados quanto a cobertura podem ser feitos com antecedência. A lista de receitas de Lahmacun é bastante curta e simples: receita de pão achatado recheado do Oriente Médio, salada fatoush fácil do Oriente Médio com pão achatado de fogo de pedra, receita: E embora eu asse pão com fermento com mais frequência hoje em dia, ainda acho mais fácil e o vídeo da receita acima. Ansioso para fazer isso novamente. Você precisa dele para colher, mergulhar e limpar porque vale a pena aprender a fazer alguns tipos de pão achatado de diferentes partes do mundo. Esta é uma versão do Oriente Médio do popular gozleme turco. Cubra seu pão achatado do Oriente Médio com folhas de coentro e hortelã, espalhe um pouco de iogurte fresco e sirva imediatamente! Pão achatado integral com butternut, trigo bulgar e harissa verde finalizado com houmous e tzatziki.

E eu adoraria saber como você achou essa receita! Ao fazer minha lista de receitas de a a z. Achei delicioso, lembre-se de conferir minhas outras receitas do Oriente Médio (links acima). Nossa homenagem a lahmacun, o pão achatado do Oriente Médio. Esses saborosos pães achatados são ideais para um cordeiro do Oriente Médio.

Receita: Pão sírio de cordeiro Harissa cozido lentamente SP | Receitas de pão achatado de cordeiro, comida do Oriente Médio. de i.pinimg.com Se você acha que precisa ter um pouco da herança do Oriente Médio para fazer um bom pão achatado turco, pense novamente! Você não se senta para uma refeição no Oriente Médio sem pão. A carne picada pode produzir bastante água quando frita, dê uma dica se você vir, para obter lindas bordas crocantes em seu carne moída. Regue os pães achatados com o molho de iogurte, salpique com sal e salsa, corte em rodelas e sirva. Fiz isso antes de começarmos nossas viagens de Teerã para Pequim. Esta receita fácil de lavash, um pão achatado fino e macio popular na Turquia, no Irã e em outros países do Oriente Médio, é feita com farinha, água e sal. Asse-os, retire-os com uma colher e passe-os na esponja à vontade. Harissa grelhada crocante de berinjela com labneh e assada.

0 de 5 estrelas (0).

Eu amo pão caseiro fresco. Receita de pão achatado do Oriente Médio é apetitosa. Você pode comer molhos também com maneesh! Coloque-os no meio da mesa e deixe. A lista de receitas de Lahmacun é bastante curta e simples: Copyright 2015 television food network, g.p. Aprecie o cordeiro, mas não tenha medo da massa! Fiz isso antes de começarmos nossas viagens de Teerã para Pequim. Cubra seu pão achatado do Oriente Médio com folhas de coentro e hortelã, espalhe um pouco de iogurte fresco e sirva imediatamente! Asse dois ou três pães por vez por cinco minutos ou até que os pães fofos fiquem inchados e comecem a aparecer manchas marrons. Receitas do Oriente Médio encontram clássicos americanos para criar. 1869 melhor turco grego marroquino do Oriente Médio e. Na verdade, duvido que nunca mais comprarei pão achatado comercial, quando tenho uma receita tão fácil e infalível.

Khobz com som de kh feito no fundo da garganta. Regue os pães achatados com o molho de iogurte, salpique com sal e salsa, corte em rodelas e sirva. Pão achatado do Oriente Médio com molho de tahine de berinjela e. Pão achatado do Oriente Médio com receita de tempero zaatar por. 4 tomates fatiados 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem 1 colher de sopa de suco de limão.

Limpe os molhos com pão achatado caseiro (com imagens) | Easy flatbread, Food, Recipes from i.pinimg.com Lahm bi ajeen or sfiha is an authentic middle eastern flatbread made with perfectly spiced beef and a delicious soft dough. Khobz with kh sound made in the back of the throat. 0 out of 5 stars (0). This is a middle eastern spin on popular turkish gozleme. Our homage to lahmacun, the middle eastern flatbread. I thought it delicious with remember to check out my other middle eastern recipes (links above). I love fresh homemade bread. Lahmacun is a traditional middle eastern flatbread recipe that is also known as turkish pizza.

Middle eastern stuffed flatbreads recipe, easy middle eastern fatoush salad with stonefire flatbread, recipe:

I love fresh homemade bread. This delicious recipe comes from our friends at yarra valley dairy and features their black savourine goats cheese. If you think you have to have a bit of middle eastern heritage to make great turkish flatbread, think again! When making my recipe list for the a to z. Many recipes do not include any leavening, but this one uses yeast for a softer texture. This simple flatbread recipe is made in just a few easy steps. Our homage to lahmacun, the middle eastern flatbread. Khobz with kh sound made in the back of the throat. Top tip for making middle eastern lamb flatbread. Copyright 2015 television food network, g.p. Middle eastern stuffed flatbreads recipe, easy middle eastern fatoush salad with stonefire flatbread, recipe: These flatbreads originate from the eastern mediterranean, reaching into the middle east, and the recipes come from restaurants across america. This easy recipe for lavash, a thin, soft flatbread popular in turkey, iran, and other middle eastern countries, is made with flour, water, and salt.

Enjoy the lamb but don't fear the dough! Bake two or three flatbreads at a time for five minutes, or until the flatbreads are puffy and brown spots start to develop. Bake them, scoop with them, and sponge with them at will. 1869 best middle eastern moroccan greek turkish and. Lahmacun is a traditional middle eastern flatbread recipe that is also known as turkish pizza.

These flatbreads are ideal for those who like to entertain but are on a budget. The bread is soft and pliable so it's perfect for using as. And though i bake bread with yeast more frequently nowadays, i still find it easier and recipe video above. I thought you might like trying this recipe for middle eastern bread. If you think you have to have a bit of middle eastern heritage to make great turkish flatbread, think again!

You need it to scoop, dip and mop up that's why it's worth learning to make a few types of flatbread from different parts of the world. You can eat gravies too with maneesh! Middle eastern flatbread recipe lifemadedelicious. Maneesh is a middle eastern flatbread perfect to eat hummus or tzatziki even lalabneh. This simple flatbread recipe is made in just a few easy steps.

Wholemeal flatbread with butternut, bulgar wheat and green harissa finished with houmous and tzatziki. Za'atar, a middle eastern spice mix of wild thyme, sumac, and toasted sesame seeds, tops chewy flatbread in this iconic lebanese snack. Our homage to lahmacun, the middle eastern flatbread. Both the flatbreads and the topping can be made in advance. This thin flatbread topped with ground meat and spices is very popular in turkey, armenia, lebanon, and multiple middle eastern communities worldwide.

Middle eastern lamb flatbread recipe. Lahmacun is a traditional middle eastern flatbread recipe that is also known as turkish pizza. Like most leavened breads, this one consists primarily of flour, water and yeast. Both the flatbreads and the topping can be made in advance. Delicious bread recipes inspired from my arab american background.

Flour, water, yeast, oil, ground meat, onion, spices, and assorted veggies for serving. And i'd love to hear how you thought this recipe went! Home » recipes » mains » lahm bi ajeen | sfiha (middle eastern flatbread). Middle eastern recipes meet american classics to create. Both the flatbreads and the topping can be made in advance.

Easy sharing middle eastern flatbreads recipeour favourite thing to whip up when we've got people coming over. Lahmacun recipe list is quite short and simple: Copyright 2015 television food network, g.p. Did you try it with lamb. 1869 best middle eastern moroccan greek turkish and.

When making my recipe list for the a to z. Maneesh is a middle eastern flatbread perfect to eat hummus or tzatziki even lalabneh. This delicious recipe comes from our friends at yarra valley dairy and features their black savourine goats cheese. 4 tomatoes, sliced 1 tablespoon extra virgin olive oil 1 tablespoon lemon juice. Bake two or three flatbreads at a time for five minutes, or until the flatbreads are puffy and brown spots start to develop.

You don't sit down to a meal in the middle east without bread. Pop them in the middle of the table and let. I have copied the recipe from here. Middle eastern lamb flatbread recipe. The bread is soft and pliable so it's perfect for using as.

There are 4 middle eastern and flatbread recipes on very good recipes.

Also i have used ready made za'atar so next time i should remember it does not need salt!

Source: gbc-cdn-public-media.azureedge.net

Middle eastern flatbread with eggplant tahini sauce and.

Source: whatjewwannaeat.com

Flour, water, yeast, oil, ground meat, onion, spices, and assorted veggies for serving.

This is a middle eastern spin on popular turkish gozleme.

Lahmacun is a traditional middle eastern flatbread recipe that is also known as turkish pizza.

Middle eastern stuffed flatbreads recipe, easy middle eastern fatoush salad with stonefire flatbread, recipe:

Top your middle eastern flatbread with cilantro and mint leaves, scatter with a little bit of fresh yoghurt and serve immediately!

There are definitely days where i've forgotten to plan for flatbread for my indian or middle eastern.

In fact i doubt that i'll ever buy commercial flatbread again, when i have such an easy and foolproof recipe.

Source: 100healthyrecipes.com

And i'd love to hear how you thought this recipe went!

4 tomatoes, sliced 1 tablespoon extra virgin olive oil 1 tablespoon lemon juice.

Bake them, scoop with them, and sponge with them at will.

Like most leavened breads, this one consists primarily of flour, water and yeast.

This is my favourite flatbread recipe after trying out about 6 or 7 versions for my restaurant menu a few years ago.

When making my recipe list for the a to z.

Both the flatbreads and the topping can be made in advance.

1869 best middle eastern moroccan greek turkish and.

Source: whatjewwannaeat.com

Zaatar flatbread is a simple flatbread flavored with a middle eastern spice blend called the za'atar which is a mixture of sumac, thyme, oregano, sesame seeds i happened to buy the zaatar pack few months ago to give it a try, but never used it until yesterday.

Source: www.jennycancook.com

Lahm bi ajeen or sfiha is an authentic middle eastern flatbread made with perfectly spiced beef and a delicious soft dough.

Maneesh is a middle eastern flatbread perfect to eat hummus or tzatziki even lalabneh.

In a large bowl combine oil, tomato paste, parsley, and all spices and stir with a fork.

Bake them, scoop with them, and sponge with them at will.

This is a middle eastern spin on popular turkish gozleme.

Bazlama is similar to naan and, in turkey, is often baked over an outdoor, wood fire.


HAPPY RETIREE'S KITCHEN

Eating fresh and healthy food has never been more important for everyone given the Covid epidemic still looming on our doorstep, and the change of season to Winter in the Southern Hemisphere anyway. I've been taking note, and I've noticed that now more than ever before, a lot more men, younger and older, professional, hard working or retired, are doing their share of the cooking for their partners, families or themselves, as a lot of women are at work as well and the guys have discovered that they enjoy cooking. Guys, this style of cooking is for you, and a great meal to plan for the weekend. And of course ladies I know that many of you just like me, love to eat lots of simple fresh salads and vegetables and these are the mainstay of a healthy diet and a Turkish menu like this one.

*If you wish, go straight to the recipes at this link with a minimum of photos:*

When we were planning this Turkish style food feast, Mr. HRK volunteered straight away to make the Turkish flatbread, because he knows it requires much the same technique as making pizza dough which he likes to do, but Bazlama, can be cooked very quickly on the BBQ. He found the recipe, which worked perfectly and looked exactly like the Turkish bread we ate in Turkey and tasted just as good. He used a pizza stone for the cooking, which is an off cut from our granite kitchen bench. I prepared the kofta mince, the day before, let it rest in the frig in a bowl overnight and threaded them onto the skewers on the day we ate them. Once again, these were cooked on the BBQ plate by Mr. HRK and were delicious. I've given you some salad choices, but I discovered when we ate this with friends that if the kofta is to be eaten in the flatbread, all that is required is a tangy yogurt sauce, a delicious tabbouleh, and a simple salad of iceberg lettuce, chopped tomato, chopped cucumber, a few chopped herbs of your choice and some crumbled feta. A dressing of lemon juice and olive oil, a little salt and pepper, and you can be eating vicariously in Istanbul, but much more safely.

However if you or members of your family are watching what you eat, and not eating bread, then kofta and salad is also delicious eaten in Cos lettuce leaves, packed with the flavour but not the bread calories.So many options with this casual but very tasty way to eat.

We started our Turkish feast with some homemade Turkish dips, Pumpkin hummus, Baba Ganoush, (my recipe), and Beetroot Hummus, eaten with my sourdough Cob loaf baked the day before. Mr. P makes wonderful dips.

Bazlama, Turkish Flat Pão

Here's the recipe for the best Turkish Flat bread we have tasted, and can be cooked simply on the BBQ plate in your own home. In Turkey it is normally cooked in an outdoor oven, but it works just as well on the stove top in a cast iron pan. It is best served warm if you can. Mr. HRK found this recipe at https://www.allrecipes.com, 04/25/2021.

Firstly the Cooks note: This recipe makes 4 large flatbreads, however if you prefer them smaller like pita bread, cut the dough into 8 portions.

If you can't find Greek style yoghurt, use regular yoghurt and reduce the water in the recipe to 1 1/4 cups.

The flatbreads also make crispy and delicious bases for pizza. The smaller ones are excellent as pita or pocket breads.

Use plenty of plain flour when you are rolling out the flatbreads to prevent them sticking to the bench, and use a floured rolling pin

(No oil needed to cook)

1 sachet (7 grams or .25 ounce) active dry yeast

1 1/2 cups warm water (110 degrees F/45 degrees C, if you are pedantic, we're not)

1/2 cup Greek-style yoghurt

1/2 tablespoon salt (the original recipe used 1 tablespoon but we thought it was slightly too salty, up to you)

1. Dissolve the yeast, sugar and salt in a small bowl with the warm water. Add the water and the yoghurt to the flour and mix well. The dough will be nice and soft but not sticky. Tip the dough onto a lightly floured bench and shape it into a ball.

Now cover the dough with a damp cloth and allow it to rise at room temperature for 3 hours. ( We place ours in the warm laundry, where our hot water system happens to be, and close the door, and it sure did rise!)

2. Cut the dough into four triangular portions. Shape the dough into rounds and flatten each round on a well floured bench as though you are making pizza dough. We flattened ours out further with a floured rolling pin so that it was a larger and thinner flatbread and it was perfect.

3. To cook your flatbread, choose either the BBQ or a cast iron skillet. As Mr. HRK was cooking, he chose to use a pizza stone in the BBQ, which worked like a dream. Preheat the BBQ or stove to a medium-heat. Place one round of dough on the BBQ or skillet and bake until the brown spots on the bottom, about 1 minute. Flip the bread and bake for another minute. Remove the bread and wrap it up in a clean tea towel to keep warm. We separated them with baking paper like you do with pancakes in case they stuck together with humidity around, but it really wasn't necessary.

Puffing up on the plate, before it flattens out with a pocket inside.

Yoghurt Sauce ( makes the delicious difference with Kofta)

1 tablespoon Extra Virgin Olive Oil

1/4 teaspoon salt and pepper

Combine the ingredients, leave in the refrigerator for at least 20 minutes for the flavours to infuse. (I left mine overnight which is preferable if you have the time.)

Lamb Kofta eaten with Lettuce Wraps or Turkish Flatbread

The beauty of making Koftas, is that I had most of the herbs and spices already in my spice drawer. I just needed to buy fresh mint and coriander, however at a pinch if time is at a premium, you could use all dried herbs and spices.

(It's easy to just double this recipe if you are cooking for a crowd)

Olive oil for frying the kofta on the BBQ

400-500g lamb mince (ground)

1/2 colher de chá de pimenta preta moída

2 teaspoons ground coriander + (2 tablespoons chopped fresh coriander, optional)

1 tablespoon dried mint or 2 tablespoons of chopped fresh mint

1 1/2 teaspoons ground cinnamon

1/4 teaspoon chilli flakes if you like a bit of heat

2 garlic cloves finely chopped

8 large Cos (romaine) lettuce leaves or Turkish flatbread to serve

Use your hands to knead together the lamb mince and the spices, garlic, breadcrumbs, lemon zest, mint and coriander until all well blended together (all the ingredients.)

Divide into 8 portions and roll into football shaped ovals with your hands. Put them on a plate in the fridge and cover. This can be done the day before, or on the same day while you make the salad.

Thread the koftas onto metal skewers or bamboo ones that have been pre-soaked in water to prevent burning. Heat the oiled BBQ plate (or your chargrill pan or frying pan) on high and add the koftas and cook 3-4 minutes. Don't move them until a crust develops, then turn over and cook each side. Retire do fogo.

Cover with foil, and rest for 5 minutes and then serve to your hungry family and guests.

To assemble the Turkish Flatbread, place a spoonful or two of the yoghurt on the Turkish bread and spread over the bread, then add spoonfuls of the salads, then the kofta. Enclose the ends of the bread and roll to enclose. I'm sure your guests will know what to do anyway.

To assemble the kofta in lettuce leaves, place a spoonful of yoghurt onto each lettuce leaf, add a spoonful of salad or tabbouleh, and top with a kofta. Fold the lettuce around the filling and eat.

Tabbouleh with Yoghurt Sauce and Lettuce Wraps

Tabbouleh recipe (from a previous post of mine):

Ingredientes:

1/2 cup rinsed quinoa (tri-colour for impact if you like), or wholemeal couscous
150 ml chicken stock for extra flavour, (just water will also work well)
1 Lebanese cucumber, deseeded and diced
3-4 vine-ripened tomatoes, cut into 1 cm dice (I used 4 Roma tomatoes)
3 spring onions, green ends only, finely chopped
1/2 cup mint leaves, rinsed and patted dry
1 cup flat-leaf parsley leaves, or about 1/2 bunch, rinsed and patted dry
1 tablespoon fresh lemon juice (not the stuff out of the bottle)
2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
Add a crushed garlic clove if you like, but not necessary
*A large avocado cut into 1 cm dice can replace the cucumber

Método:

If using quinoa:-
Place the stock in a small saucepan, add the quinoa and bring to the boil over high heat. Reduce heat, and simmer for 10 minutes or until tender to taste. Remove from the heat,and stand, covered, for 5 minutes. Fluff with a fork and leave it to cool.

If using couscous:- Place the stock in a small saucepan and bring to the boil. Place the couscous in a heatproof bowl and add the stock to the bowl. Cover the bowl with a plate or something plastic free (preferably), to store the heat, and stand for 5 minutes. Use a fork to fluff it up and to separate the grains. Season it slightly to your taste, and set it aside until cool.

Gather the bunch of parsley, form into a tight bundle in your hand and finely shred the leaves with a sharp knife.

Do the same thing with the mint leaves.

My coriander in our raised garden is still growing well, so a little bit of that went into the salad as well.

Add the cooled grain, quinoa or couscous to the rest of the ingredients, and mix through gently.

Making The Salad dressing:

In a smallish bowl, gradually whisk the olive oil into the lemon juice and garlic (if using) until it starts to thicken slightly and emulsifies. Stir the dressing through the tabbouleh ingredients and season with a little salt and ground black pepper if it needs it. A little salt will really develop the flavours.

On a nutritional note, eating salads like tabbouleh is a healthy alternative, as the herbs, parsley, and mint are rich in sources of Vitamin K and C, some beta-carotene, folate and flavonoids. I feel better already.

Simple Turkish Salad:

65 g or 1/2 cup of crumbled feta cheese

Handful of fresh herbs, preferably marjoram or oregano washed and chopped.

2 colheres de sopa de suco de limão

40 g chopped pistachios or toasted hazelnuts with skins removed

Remove the outer leaves of an iceberg lettuce, pull off enough lettuce leaves to line your bowl when cut fairly finely.

Shred them and place them loosely in the base of your bowl. Chop two large ripe tomatoes and place on top of the lettuce.

Add half the fresh herbs, then the cheese then the rest of the herbs.

Garnish with chopped nuts if you wish, such as chopped pistachios or chopped toasted hazelnuts with skins removed.

If you plan on serving your kofta with just lettuce wraps, a second salad such as Tabbouleh might be nice to eat off the plate.

Mix the olive oil and lemon juice and lightly whisk to make the salad dressing. Put this in a glass jug and dress the salad just before serving or leave everyone to dress their own.

For our Turkish dessert, this platter ticked all the boxes. P & J made the delicious Baklava with a lovely hint of orange, and the Turkish delight, the Halva, and the dried fruits were bought from a locally owned Fruit and Vegetable shop in Mackay called Mifsuds, which also doubles as the best Deli in town.

This was a wonderful finish to our Turkish meal.

Somehow during all of this Turkish mayhem, Mr. HRK found time to give our Locky a bath. He really does love his bath, even though he looks a bit sad here. I was hoping he would smile at me for the photo. Happy days!

It is our 44th Wedding Anniversary today, so we have some special things planned, and some delicious seafood on the menu to celebrate.

Have a wonderful weekend everyone, hope you can plan to do something very enjoyable. Stay safe.


Sourdough Bazlama Bread (Turkish Flat Bread) Recipe

I don't want to turn here to a sourdough recipes blog but I should have shared this recipe during Ramadan since it's perfect for sahur. Let me warn you from the start. As you start to eat more bread after starting to make sourdough bread, you also start to eat more when you start to make bazlama. It's cotton soft, smells amazing and tastes more than delicious.

What should be paid attention while cooking bazlama?

The heat needs to be well adjusted. The use of high heat does not allow it to cook more quickly, it only cooks the outer part and causes it to remain raw inside. Low heat leads to hardening of the outer part. The heat should be low enough not to burn and high enough to cook immediately. In my electric hob heat level is up to 9 and I usually hold it at 7.5 and raise it to 8 or lower it to 7 when necessary.

You can make the math for your own hob, but above all what you should look hile cooking is the colour changes on the bazlama. When it starts too in the bottom it starts to change colour through the top. It turns from white into a matte white. When more than half of the bazlama turns matte white it means it's time to turn bazlama upside down.

If you want to be %100 sure that it's cooked inside, yıu can cover the pan with a lid while cooking. When you do so you keep the heat in the pan and it makes bazlamas to cook better.


65. Bazlama Turkish Flatbreads

I’ve eaten quite a few flatbreads in my time. The most memorable being the fresh Moroccan breads purchased from a family’s converted front window along with a couple of mini bananas for essential sustenance for our 13 hour trek and overnight camp in the Sahara. I can still taste that soft fluffy white bread as I devoured it during the extreme heat wave washing it down in between swigs of proper sugary coke. The only thing that helped with the dehydration before we slept out under the stars on the hot sand.

Camel trekking into the Sahara fuelled by flatbreads

I’ve been searching for a recipe that could help me recreate that moment of sheer bread delight. The kind of delicious every day bread that meets every basic need. Versatility is one of it’s many virtues, it could be a meal in itself if required or the perfect accompaniment to any dish.

Bazlama the perfect accompaniment to any meal

This recipe originates from Turkey and is an absolute pleasure to make and eat. It’s an enriched dough with Greek yoghurt and oil which helps to retain it’s moisture so it keeps a little longer than it’s Moroccan counterpart which had to be eaten entirely on the first day, especially when it was over 50 degrees C most days!

My previous attempts at flatbread making have been a bit hit and miss. (You will not find my hideous chapattis on here yet which were more like sofa cushions than delicate wholemeal wraps.) I blamed my pan, which has lost it’s non stick entirely and adds a beautiful dusting of metal to most dishes.

I longed for cast iron cooking equipment and discovered a small cast iron frying pan in Oxfam for £3 which is a joy to use. It reaches temperatures that other pans a simply can’t maintain and needs only the tiniest drop of oil to prevent it sticking. Armed with this pan I intend to conquer flat breads once and for all.

Mix all the ingredients together to a shiny dough

This recipe is enough for 6 – 8 hand sized small flat breads. Mix all of the ingredients together into a shiny dough (keeping the salt away from the yeast). Knead the dough for about 10 minutes until smooth and springy. Then leave to prove at room temperature for 1 to 2 hours until at least doubled in size.

Leave the kneaded dough to prove

Prove the dough until doubled in size

Knead the dough for about 10 minutes until smooth and springy. Then leave to prove at room temperature for 1 to 2 hours until at least doubled in size.

Knock the dough back and knead lightly

Knock the dough back and gently knead it on a lightly floured surface until it comes together in to a smooth ball.

Divide the dough into 8 equal sized balls

Divide the dough into 8 equal portions, shape into a ball and cover with greased cling film.

Roll each dough ball out into a flat circle about 5mm thick

Flatten each dough ball out onto a lightly floured surface . Using a rolling pin roll out each ball into a circle about 5mm thick. Cover again with greased cling film and leave to rest and prove for 15 mins, until puffed up slightly. You’ll see the yeast get to work pretty quickly when these are laid out in a warmish room.

Gently proven Bazlama ready for cooking

Whilst the dough awàits it’s final prove, heat the frying pan adding a splash of olive oil until sizzling hot. Gently place a proven circle of dough into the scalding hot pan. It will sizzle on impact, so watch out for any splashes oil. The Bazlama will puff up even further with the heat from the pan and bubble up in some places.

Bubbling Bazlama hitting the cast iron pan

Cook the Bazlama for one minute and flip it over and cook it for another minute on the other side. It should start to turn a golden brown and crisp slightly on the outside.

You may want to flip it over again to check that the Bazlama is cooked evenly all over and reached your desired degree of brownness. I like a slightly deeper colour on my breads to add to the flavour and texture. Once it’s cooked remove it from the pan and cover with a clean tea towel to keep it warm and soft. Repeat, until you’ve cooked all the Bazlamas!

Check out that deep brown sizzle pattern

I love how each Bazlama takes on a slightly different charred pattern as it sizzles in the pan. The beauty of cooking in a cast iron pan means that if it starts to get too hot and you smell burning, just take the pan off the heat and it will continue to cook as the pan retains the heat. Once it’s cooled slightly you can safely return your pan to the heat to continue your cooking.

That pan spring! Pillowy soft Bazlamas

Cooking one side at a time gives the Bazlama the opportunity to spring up fully as the yeast activates fully reacting to the intense heat. You can see how much your Bazlama rises in the pan. Check out that fluffy white mid section at last an inch thick!

I adore Bazlamas. They have a wonderful chewy texture almost like a pretzel but much softer. Bazlamas are a perfect comforting addition to any meal or a meal in itself, as they are quite filling. I served my Bazlamas with homemade Tabbouleh and hummus. Delicioso! They’re best eaten warm from the pan, but they also freeze extremely well. I defrost them in the toaster on a low setting, as I prefer to eat them warm. However they also make an excellent portable lunch and have eaten many unadulterated Bazlamas straight from my handbag whilst on foot in between meetings.



Comentários:

  1. Barney

    Por que você não faz uma seção - um diretório de artigos de assunto?

  2. Ruadhagan

    Concordo, é uma frase notável

  3. Cercyon

    Eles estão errados. Escreva para mim em PM, ele fala com você.

  4. Eideard

    Parabéns, pensamento brilhante

  5. Rez

    Bravo, esta frase magnífica é necessária apenas pelo caminho

  6. Vuzahn

    Muito interessante, mas no futuro eu gostaria de saber mais sobre isso. Gostei muito do seu artigo!

  7. Cuinn

    Eu considero que você enganou.

  8. Martyn

    Muito bem, você foi visitado pela excelente ideia



Escreve uma mensagem